Lusitanos Oxford

Como Funciona o Cérebro?

O seu cérebro é feito de aproximadamente 100 bilhões de células nervosas, chamadas neurônios. Os neurônios têm a incrível capacidade de coletar e transmitir sinais eletroquímicos – pense neles como os portões e fios em um computador.

O cérebro realiza um número incrível de tarefas, incluindo controle da temperatura corporal, pressão arterial, freqüência cardíaca e respiração.  Ele aceita uma inundação de informações sobre o mundo ao seu redor de seus vários sentidos (ver, ouvir, cheirar, provar e tocar).  Ele lida com movimento físico quando o individuo anda, fala, fica em pé ou sentado. O cérebro permite que você pense, sonhe, racifique e experimente emoções.  Todas estas tarefas são coordenadas, controladas e reguladas por um órgão que é do tamanho de uma pequena cabeça de couve-flor.

Seu cérebro, medula espinhal e nervos periféricos compõem um complexo sistema integrado de processamento e controle de informações conhecido como seu sistema nervoso central. Em conjunto, eles regulam todas as facetas conscientes e inconscientes de sua vida. O estudo científico do cérebro e sistema nervoso é chamado de neurociência ou neurobiologia.

Os neurônios compartilham as mesmas características e têm a mesma composição das outras células, mas o aspecto eletroquímico permite que eles transmitam sinais por longas distâncias (até vários metros ou alguns metros) e enviem mensagens uns aos outros.

Os neurônios têm três partes básicas:

Corpo celular ou soma:  Esta parte principal tem todos os componentes necessários da célula, como o núcleo (que contém DNA), retículo endoplasmático e ribossomos (para a construção de proteínas) e mitocôndrias (para fazer energia). Se o corpo celular morre, o neurônio morre.

Axon: Esta projeção longa, tipo cabo, da célula carrega a mensagem eletroquímica (impulso nervoso ou potencial de ação) ao longo do comprimento da célula. Dependendo do tipo de neurônio, os axônios podem ser cobertos com uma fina camada de bainha de mielina, como um fio elétrico isolado. A mielina é feita de gordura e proteína, e ajuda a acelerar a transmissão de um impulso nervoso por um longo axônio. Os neurônios mielinizados são tipicamente encontrados nos nervos periféricos (neurônios sensoriais e motores), enquanto que os neurônios não mielinizados são encontrados no cérebro e na medula espinhal.

Dendrites ou terminações nervosas: Essas pequenas projeções semelhantes a ramos da célula fazem conexões com outras células e permitem que o neurônio converse com outras células ou perceba o ambiente. Dendritos podem ser localizados em uma ou ambas as extremidades de uma célula.

About author

Related Articles