Lusitanos Oxford

Surf – O Inicio de muitos momentos únicos

Está aberta a época de verão e com ela, praias cheias de surfistas. O surf outrora marginalizado é agora um desporto de elite, com algumas variações, ao nível de pranchas e condições para os praticantes. Teremos então o surf dividido em hierarquias e estilos. .

SURFISTAS: Os surfistas representam uma comunidade cultural que depende das ondas do oceano. Algumas pessoas praticam surf como uma atividade recreativa enquanto outras possuem uma extrema devoção ao desporto fazendo deste o foco central de suas vidas o seu santuário. .

INICIAÇÃO: 1º passo o aquecimento: alguns exercícios básicos como alongamentos e torções que te irão permitir uma maior sustentação dos movimentos de ruptura que terás na água e ao mesmo tempo previne lesões. .

2º passo a remada: a maneira como te posicionas na prancha e remas oceano dentro, importante a fluidez dos movimentos de braços e pés, não só pela rapidez mas pela estabilidade que dará ao surfista. .

3º passo (bico de pato ou patinho) este passo é bastante importante pois ele é um complemento essencial ao passo anterior. Este movimento ensina o surfista a mergulhar por baixo da onda enquanto rema para fora evitando assim que seja arrastado para trás, neste movimento mergulhas o bico da prancha e com o joelho pressionas a cauda, tendo o teu corpo de acompanhar todo o movimento da mesma em sincronia. .

4º passo apanhar a onda: Inicialmente os principiantes, apanharão as espumas perto da areia de forma a que seja mais fácil ganharem confiança e aprenderem os movimentos e posições básicas do desporto, após algum treino e quedas, estarão prontos para outros voos (as ondas de fora) ondas maiores, mais rápidas e verticais, todo o conhecimento adquirido até aqui será posto á prova.

 

Francisco Cruz

Surfista Portugues natural da cidade do Porto

 

About author

Related Articles