Lusitanos Oxford

Chequers ganham dos Lusitanos em jogo polémico  

ENGLISH: Horspath sports Ground – There is not too much to say apart from the fact that for the first time Lusitanos Oxford felt they are the “unwanted” team by the referee that had in other previous occasion during a friendly match done the same sort of “job” that he has done yesterday. Lusitanos Oxford due to the mix of players with Latin background  we are one of the most technical teams in Oxford, regardless of league, from Oxford City FA League to North Berks or Oxford senior FA.  Yesterday a match between two of the title contenders was decided by a referee who saw a penalty outside the box by 1 or 2 meters that give Chequers an unfair victory, a victory where the aggressive team with verbal abuses, threats and only trying to waste time,  had the clear support of the referee.

The game itself one saw a team playing football and that team was Lusitanos Oxford! A team who need to play against 12 and also need to wait 14 minutes for Chequers 11 players to arrive walking and then wait around 3 for the player put on is boots.  This happened without the referee giving Lusitanos Oxford team captain or manager any explanation or information.

Then Lusitanos Oxford prove that they are the best team in the league and that they will win the league even against referees, agressive tams or Brexit supporters.  Because we are better and we play the best football simply…yesterday was a dark day for the Oxford FA City League and saw everything but the famous British fair play.  We will also put a official report about what happen yesterday and the referee’s “job” hoping that we never have this referee destroying a football match.

PORTUGUÊS: 8-10-2016 – Os Lusitanos Oxford foram derrotados na luta pelo primeiro lugar da Oxford City FA league por 1-0 num jogo marcado pela actuação repugnante da equipa adversária com o seu comportamento agressivo tanto físico como verbal que contou sempre com o apoio do árbitro do encontro que depois da triste actuação num jogo amigável mostrou que ainda consegue ser ainda pior num jogo de capital importância para os 2 candidatos ao titulo deste jogo. Um jogo decidido por um penalty inexistente numa falta que a existir foi mais de 1 metro fora da grande area. A marcação da mesma mereceu risos dos adeptos presentes mas dos próprios jogadores do Chequers que se sentiu em casa com faltas para alem do limite a não serem assinaladas jogadores dos Lusitanos Oxford, jogadores dos Lusitanos Oxford ameaçados verbalmente de violência física na presença do árbitro enorme dualidade de critérios e ainda a ridícula situação de o jogo ser adiado cerca de 18 minutos, isto sem o capitão ou treinador dos Lusitanos serem informados pelo árbitro, porque 1 dos jogadores do Chequers chegou atrasado e só com sua chegada esta mesma equipa consegui ter 11 jogadores. Os regulamentos sem bem claros:o jogo terá se iniciar se uma equipa tiver 9 jogadores presentes.

Seguirá um relatório oficial dar conta de todos este acontecimentos num dia muita negro para a Oxford City FA League.o Jogo em sim resume-se a uma equipa que jogou um bom futebol, técnico com bonitos recortes e muitas oportunidades falhadas, isto num contexto muito difícil perante uma equipa do Chequers que jogou um futebol “sujo”agressivo marcado por faltas violentas,abuso verbal e um futebol cuja principal “qualidade”foi o anti jogo. O senhor árbitro Grant Thomas foi sem duvida o homen do jogo!! A eles o Chequers devem esta vitoria!! um autêntico “Homen Golo”. Contudo reafirmamos que não será o senhor Grant Thomas nem as equipas banais como o Chequers que vão impedir os Lusitanos Oxford do seu grande Objectivo:os Lusitanos Oxford irão ser campeões contra tudo e todos: Chequers, árbitros e apoiantes do Brexit.
Jogaram pelos Lusitanos Oxford:

Roni(Gr)5
Alemao(4)
Oscar(4)
Euzebio(4)
Cristiano(4)
Tiago “Pato”(5)
Lourenco Barbosa(4)
Daniel(4)
Pal Kovacs(4)
Diogo Campos(4)
Cesinha(4)
Sergio(4)
Carlos Costa(4)
Bruno Freitas(4)
Edinho(4)
Vinicius(4)

 

About author

Related Articles