Lusitanos Oxford, Brexit

Novo grupo para os europeus em Oxford

Uma nova associação para os europeus que vivem em Oxford lhes dará uma voz nos assuntos locais.  Esta iniciativa é parte de um movimento que pretende mostrar que a cidade continuará a ser um lugar “onde todo mundo é bem-vindo”, disse o Oxford City Council.

A idéia surgiu na sequência da decisão da Grã-Bretanha de sair da UE, quando Oxford contrariou a tendência nacional e votou para permanecer na UE.

Membros seniores do Oxford City Council estão preocupados com o impacto que o Brexit poderá ter sobre as principais indústrias da cidade, tais como ciência e investigação.  A este respeito John Tanner criticou a recente retórica’ anti-estrangeiro” do atual Governo.

Seus comentários vieram depois da Home Secretary Amber Rudd enfrentar uma reação irada de líderes empresariais, que a acusaram de “demonização” dos trabalhadores imigrantes.  A ideia de Amber Rudd de fazer com que empresas divilguem informação sobre seus funcionários estrangeiros foi amplamente ridicularizada.

John Tanner tambem afirmou que após a votação desastrosa que foi o Brexit, existe a necessidade de certificar-se de Oxford irá continuar a ser uma cidade europeia internacional.  Desta forma Tanner quis ser claro que todos os alemães, poloneses, portugueses e individuos de outras nacionalidades são bem-vindos ao Reino Unido e serão vistos como uma parte integrante da comunidade.

As propostas para a nova associação foram discutidas numa reunião realizada na Universidade de Oxford Town Hall na quarta-feira, 19 de outubro pelas 7:30 da tarde.

A ideia foi bem acolhida por Florence Rossignol, um professor francês que viveu em Oxford por mais de 10 anos.

About author

Related Articles